Educação Física Escolar e Esportiva com infraestrutura, material e muito aprendizado

“O nosso aluno não é instrumento de trabalho.
O nosso objetivo principal é o desenvolvimento do aluno.
E daí, os resultados são consequências.”

A afirmação é da diretora da Escola Antônio Cintra Gordinho,

Márcia Leardine

Os professores com formação em Educação Física da Fundação Antônio-Antonieta Cintra Gordinho (FAACG), Daimier Gomes do Nascimento e Edison Cascais dos Santos (Edinho); supervisionados pela diretora da Escola Antônio Cintra Gordinho, Márcia Alexandra Leardine realizam um trabalho com os alunos, de cair o queixo. Apaixonados pelo que fazem não medem esforços para que as crianças e adolescentes sintam-se estimulados a aprenderem as teorias e as práticas que envolvem a Educação Física Escolar e Modalidades Esportivas.

É traçado anualmente por eles o Plano de Ensino, que contempla – os alunos da Creche e Escola Infantil ao Ensino Médio (uma conquista da FAACG em 2011). Daimier e Edinho na elaboração buscam as necessidades e anseios dos alunos, que ocupam sempre o primeiro lugar na estrutura da FAACG.

O começo de tudo…

Na Creche e Escola de Educação Infantil Almerinda Pereira Chaves, neste caso com a parceria da Coordenadora Pedagógica Kátia Moura as crianças dos seis meses aos cinco anos têm Adaptação ao Meio Líquido, disciplina que será aprimorada e completada quando estiverem no primeiro trimestre do Ensino Fundamental. Daí em diante as crianças receberão os fundamentos básicos para o nado: atividades aquáticas, flutuação, pernadas e braçadas, para depois aprenderem o Crawl, Costa e Peito.

Mas enquanto não atingem essa faixa etária elas vão se envolvendo com jogos, brincadeiras, brinquedos e muitas atividades lúdicas. Tudo isso de uma forma bem descontraída e divertida com o foco nas seguintes habilidades motoras básicas como por exemplo: o andar, correr, pular, lançar….“Se percebemos alguma dificuldade mais séria no aluno conversamos com os pais, com outros professores e desenvolvemos um trabalho específico para ele”, informa Edinho, sempre atento ao desempenho, facilidade e dificuldade de cada um.

Ensino Fundamental – Educação Física Escolar

Os alunos da Escola Antônio Cintra Gordinho são privilegiados. Em outras unidades de ensino de Jundiaí e Região, alunos têm apenas duas aulas de Educação Física por semana. Os da Fundação têm duas de Educação Física Escolar e mais duas de Modalidades Esportivas. Do 1º ao 9º ano eles se deparam com algumas delícias da disciplina que são tão teóricas quanto práticas: 1º ano – Aula de atividades folclóricas (pular corda, amarelinha, três marias, bolinhas de gude); 2º ano – Jogos populares (unha na mula, esconde esconde, queimada, mãe da rua); 3º ano – Ginástica artística (equilíbrio, postura, flexibilidade); 4º ano – Jogo de damas trabalha as habilidades cognitivas, afetivas e motoras; 5º ano – Atividades circenses (perna de pau, barangandam, malabares com três bolas, rola rola no cilindro), seguido de um relaxamento..

No 6º ano – Atletismo (salto em distância, salto em altura, arremesso de peso e pelota; corridas de 100 metros, de 400 metros e revezamento; 7º ano – Atividades Expressivas Corporais; 8º ano – Iniciação ao tênis de quadra e tênis de mesa, como outras modalidades com raquetes – badminton e frescobol; 9º ano – Lutas (cabo de guerra) e esporte, como por exemplo, o basebol, que é específico de outro país. Eles recebem noções básicas sobre anabolizantes e nutrição. “As oportunidades oferecidas enriquecem as crianças e diferenciam nosso trabalho”, afirma Daimier

Modalidades Esportivas

Segundo Edinho, a iniciação esportiva que os alunos recebem está longe de ser uma especialização precoce. “Transmitimos as noções básicas esportivas para que eles possam se identificar com algumas delas e praticá-las. Em relação aos ‘menores’ trabalhamos com jogos pre desportivos, que seriam esportes com regras adaptadas (não oficiais) para essa faixa etária. Assim a modalidade fica mais tranquila, estimulativa e prazerosa.”

A partir dos 12 anos tanto as meninas quanto os meninos aprendem modalidades esportivas específicas basquete, vôlei, futsal, futebol de campo, handebol, atletismo. Cada uma é trabalhada na teoria (o surgimento, o país de origem) e na prática – aulas esportivas divididas por gêneros (masculino e feminino) e categorias.

Ensino Médio

Os alunos não terão modalidades físicas específicas. Continuarão tendo aula de modalidades esportivas dentro da Educação Física Escolar, sem divisão de gêneros, visando à melhoria de qualidade de vida. Serão trabalhadas as bases anatômicas e fisiológicas. Eles terão a oportunidade de optarem pelo curso de Monitoria Recreativa e Esportiva, preparando-os para o mercado de trabalho. “Faremos contatos com empresas de recreação e eventos para os que quiserem trabalhar com esse nicho. Queremos ajuda-los. Orientá-los”, afirmam os professores.

Projetos

Algumas datas são preestabelecidas como 25 de maio – Dia do Desafio. Um incentivo a pratica de uma atividade física. Nesse dia todos os alunos e funcionários se envolvem. Dia 26 de agosto – Festival de Pipa. Um projeto interdisciplinar que envolve outras áreas como Matemática, que, por exemplo, poderá estudar a forma geométrica da pipa e seus ângulos. O Festival de Esporte acontecerá de 19 a 23 de setembro. O evento é um campeonato interno das modalidades desenvolvidas durante o ano letivo. Os alunos da FAACG também participam de eventos e campeonatos promovidos pela prefeitura de Jundiaí.

Um fato de bastante relevância que vem ao encontro dos objetivos da FAACG é a participação dos pais nas diferentes ações promovidas. Edinho e Daimier salientam que os pais ou responsáveis são parceiros dos alunos. “Eles ‘abraçam’ as propostas. Acreditam em nosso trabalho. Estimulam e torcem pelas crianças.”

Espaço Físico e material didático

Crianças e adolescentes que estudam na FAACG usufruem de uma infraestrutura invejável. Somente nas dependências da Cidade dos Meninos e Meninas, onde funciona a Escola Antônio Cintra Gordinho, o Ensino Fundamental e Médio e o Cetec – Centro de Educação Tecnológica Eloy Chaves existem: dois grandes campos de futebol, uma quadra poliesportiva, uma piscina e um salão de esportes, utilizado para aulas teóricas e dias de chuva.

“Trabalhamos munidos do que precisamos. Na Fundação há uma sintonia entre a área pedagógica e administrativa. A diretoria sabe da importância e valoriza nosso trabalho. Temos quantidade suficiente de material esportivo e didático de todas as modalidades. Exibimos filmes aos alunos. Estudamos as jogadas. Filmamos também nossos alunos e depois checamos. Assistimos. Corrigimos. Amamos o que fazemos”, comentam Daimier e Edinho.

A diretora da Escola Antonio Cintra Gordinho, Marcia Alexandra Leardine afirma que o trabalho em Educação Física é educacional. “Temos condições de acompanhar os alunos dos seis meses aos 17 anos. A área contempla o desenvolvimento humano como um todo. A Educação Física Escolar dá oportunidades a todos. Não foca a competição. É a superação dos limites pessoais em relação a si próprio e não ao outro. Assim o aluno consegue identificar quais são suas limitações e potencialidades, efetivando o trabalho: educacional, em nível individual, e coletivo, social e de saúde.”

Ela reforça ainda que com esse aprendizado, os alunos definem com tranquilidade qual ou quais modalidades esportivas preferem. “Eles têm Educação Física Escolar e Modalidades Esportivas. E ficam muito a vontade quando precisam decidir. Eles aprendem ter consciência corporal e consciência de si. Sentem-se mais seguros e capazes. Como recebem informações teóricas e práticas, optam pelas modalidades como também as potencializam se quiserem. Oferecemos o ‘espaço’ para que superem seus próprios limites com a tolerância necessária. O nosso aluno não é instrumento de trabalho. O nosso objetivo principal é o desenvolvimento do aluno. E daí, os resultados são consequências.”

admin tagged this post with: , , , Read 189 articles by

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Itau Social